Notícias Joaçaba Graduação

Curso de Psicologia promove palestra sobre Religiosidade e a espiritualidade na clínica psicológica

Por: Adriano França
imprensa@unoesc.edu.br
22 de Maio de 2020

O Curso de Psicologia da Unoesc de Joaçaba, debateu no dia 19, via webconferência, sobre Psicologia e Religiosidade com o Psicólogo Murillo Rodrigues dos Santos, que atua em Goiana/Goiás. A palestra, “Religiosidade e a espiritualidade na clínica psicológica: uma abordagem a partir do Pensamento Complexo", mediada pela Psicóloga Isabela Mitterer, teve como objetivo apresentar aos estudantes e profissionais uma nova forma de compreensão do manejo da temática da religiosidade e espiritualidade na clínica psicológica, de forma ética e técnica, baseada no Pensamento Complexo, proposta filosófica inicialmente elaborada por Edgar Morin e atualmente desenvolvida por diversos pesquisadores ao redor do globo. 

Murillo explanou que a religiosidade é uma instância constitutiva do sujeito e da subjetividade humana, cujo manejo, de tão delicado, acabou por ser relegado em muitos momentos à periferia dos interesses e intenções do conhecimento humano. É justamente a falta de interesse, ou mesmo de habilidade técnica para abordar esta temática que acabou por fomentar várias dificuldades sobre o tema na psicologia, como por exemplo, a perpetuação de um conjunto de preconceitos quepodem ser nocivos aos sujeitos implicados no processo terapêutico.

— Tanto o terapeuta quanto o cliente podem possuir seus processos ligados à espiritualidades cindidos por uma forma mecanicista, dualista e reducionista de mundo, o que acaba por se transformar em fontes de isolamento, rompimento de vínculo e iatrogenia — comentou o psicólogo.

No decorrer da palestra os acadêmicos puderam esclarecer perguntas tais como: De que forma lidar com a religião do cliente de forma ética? Como abordar as questões religiosas no setting terapêutico sem influenciar ou sem perder a demanda do cliente?

A coordenadora do curso, professora Scheila Beatriz Senhem, comenta que essa é uma temática delicada, e pode ser abordada à luz de vários teóricos da psicologia da religião que tem como objeto de estudo o comportamento religioso, de forma técnica, científica e ética. 

— As atividades remotas acabaram diminuindo as fronteiras e oportunizando contato com profissionais que, em outras épocas, por várias questões, talvez não tivéssemos a oportunidade de estarmos tão próximos — enfatizou a coordenadora.

 

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.
Newsletter Unoesc
Envie seu endereço de e-mail para receber nossos informativos.