Notícias Chapecó Pesquisa

Mestrado Profissional em Administração divulga resultado da pesquisa Impacto da pandemia Covid-19

Por: Alessandra de Barros
imprensa@unoesc.edu.br
29 de Abril de 2020

O Mestrado Profissional em Administração da UNOESC realizou uma pesquisa que versa sobre o impacto da pandemia COVID 19 nas empresas do Oeste de Santa Catarina. Foram obtidas 409 respostas válidas, sendo que 40,34% são microempresas, 25,92% pequenas empresas, 16,63% Microempreendedor Individual (MEI), 6,85% média empresa, 0,98% grande empresa, 6,85% cooperativas e produtores rurais e 2,44% não informaram o perfil da sua empresa nas respostas dadas.

Os resultados mostram que 32,89% das respostas obtidas sinalizam que as principais dificuldades que vivenciam no momento  estão associadas a aspectos financeiros. Além disso, 23,08% sinalizam que a incerteza sobre o futuro é uma dificuldade notória neste momento. Acompanhada de 65,23% que evidenciam que vendas, redução de faturamento e não entrada de novos pedidos são as principais preocupações e consequências do momento.

Outra constatação importante é que 64,78% compreendem que serão necessários até 180 dias para recuperação das suas atividades. E 73,15% sinalizam que as necessidades atuais estão relacionadas a aumento de faturamento e das vendas, renegociação de dívidas e contratação de capital de giro. Outrossim, 61,65% demonstram que possuem expectativas de que o isolamento termine logo, que o governo apoie e auxilie na geração de alternativas para as empresas sobreviverem.

Em termos de ferramentas de gestão, 62,47% das repostas reportam que planejamento estratégico, indicadores gerenciais internos e benchmarking são úteis para o momento. Sobre soluções e alternativas para o momento, 41,29% evidenciam que a superação da crise está relacionada a e-commerce, inovações, reinvenção, redução de custos e funcionários.

Por outro lado, 39,36% não projetam acúmulo de perdas ou dificuldades nos próximos 12 meses. Ao passo que 78,49% das empresas sinalizaram que estimam perdas que podem chegar até 60% do faturamento projetado para 2020. Por fim, 43% sinalizaram que visualizam como solução e inovação para o atual momento o investimento em relacionamento com o cliente, ampliação do mix de produtos e investimento em diferenciais de mercado.

Baseado nesses resultados principais, foram elencadas estratégias de sobrevivência para as empresas, oportunidades para indústria, comércio e serviços; oportunidades para capitalização das empresas; estratégias de atuação em mercados incertos. O relatório completo da pesquisa pode ser visualizado neste link.

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.