Notícias Chapecó Mestrado

Mestrado Profissional em Administração disponibiliza pesquisa para gestores do IFSC

Por: Francielle Mafesoni dos Santos
francielle.santos@unoesc.edu.br
27 de Abril de 2021

Uma das premissas que rege os mestrados profissionais no Brasil está vinculada à interação destes cursos com a comunidade regional, por meio do ensino, pesquisa e atividades tecnológicas. Visando consolidar esta interação comunitária e interinstitucional, na última sexta-feira (17), o mestre em Administração, Odirlei Diel (UNOESC), apresentou os resultados de sua pesquisa de finalização de mestrado aos gestores do Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC.

Esta atividade com viés de aplicação teve como objetivo propor um instrumento de pesquisa para o monitoramento de egressos, visando à percepção da existência de desenvolvimento regional, com base na atuação do IFSC.

A atividade se utilizou de um método de múltiplas coletas de dados previamente orientadas: análise da Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), Planos e documentos internos, Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); Comissão Própria de Avaliação (CPA);  Relatório de Gestão; Projetos Pedagógicos de Curso (PPCs); Observatório de Egressos; Modelos de instrumentos de monitoramento de egressos de outras Instituições de Ensino Superior (IFRN, IFMT, UFSM); Aplicação de questionários com gestores, professores e egressos do IFSC.

Com base neste método foi elaborado um instrumento de pesquisa para o monitoramento de egressos do Instituto, com base em 11 sub-grupos, desde dados sobre a avaliação da formação profissional, técnica ou superior recebida, dados sobre qualidade de vida e inserção social, continuidade na formação acadêmica e profissional, entre outras.

Para o professor orientador, Doutor Rógis Juarez Bernardy, este tipo de pesquisa possibilita maiores exigências dos órgãos regulatórios quanto ao monitoramento de egressos, também existe uma possibilidade do modelo ser adaptado e aplicado à outras IES.

A pesquisa permite observar evidências que apontem para um desenvolvimento socioeconômico local ou regional por meio da percepção dos egressos; possibilita conferir a emancipação do egresso, que pressupõe uma maior liberdade e autonomia do ex-aluno para tomar decisões individuais em relação à dependência da família; alcance dos resultados esperados, conforme determinados na visão, missão e valores preconizados por cada instituição - destaca.

A apresentação e disponibilização da pesquisa contou com a presença da coordenadora do Mestrado Profissional em Administração, professora Doutora Ieda Margarete Oro e do Magnífico Reitor do IFSC, Professor Doutor André Dala Possa e de todo o seu quadro diretivo. A pesquisa também é resultado de um convênio interinstitucional entre Unoesc e IFSC para a formação de um grupo de técnicos administrativos em nível de stricto sensu, formado em 2019.

*Texto de Rógis Juarez Bernardy

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.