Notícias Chapecó Intercâmbio

Mestrado Acadêmico em Direito da Unoesc possibilita mobilidade acadêmica internacional aos alunos

Por: Adriano França
imprensa@unoesc.edu.br
05 de Dezembro de 2018

O Mestrado Acadêmico em Direito da Unoesc possibilita que os estudantes possam viajar para o exterior a fim de adquirir experiências como pesquisadores, atribuindo consistência ao processo de internacionalização de suas atividades e cursos.

Em 2016, a Universidade de Foggia (Itália) recebeu cinco alunos da Unoesc para curso de Direito Comparado, no nível de mestrado, que foram submetidos a exames de conclusão, nos padrões da Universidade e, uma vez aprovados foram habilitados a produzir o trabalho de conclusão de curso, do que resultaram artigos científicos que a serem publicados sob a forma de livro.

No segundo semestre desse ano, dando continuidade à cooperação já consolidada entre as universidades Middlesex e Unoesc, o Mestrando Vinícius Zoponi foi aceito na Middlesex University (Inglaterra) na condição de 'visiting researcher', onde permanecerá até dezembro, cursando disciplinas e realizando pesquisas comparadas, com ênfase no Sistema de Saúde do Reino Unido e investigando as instituições e os mecanismos estatais de suporte e acompanhamento dessa atuação, já que em sua pesquisa na Unoesc, o foco está no papel do Ministério Público na garantia e controle dos sistemas de saúde no Brasil.

— Os programas das disciplinas, em uma resumida síntese, aprofundam os estudos relativos aos sistemas de proteção dos direitos humanos, seja na perspectiva do direito britânico e do direito europeu, seja em vista de objetos específicos de proteção— explica o acadêmico.

A Middlesex University recebe alunos do mundo todo, da Europa, da África e Ásia, o que tem enriquecido as discussões por conta das diferentes formações culturais e acadêmicas dos participantes.

De acordo com o coordenador do Programa de Pós-Graduação Stricto-sensu em Direito, professor doutor Robison Tramontina, o PPGD da UNOESC tem um robusto histórico de internacionalização. 

— Nós possuímos diversos acordos de cooperação técnico-científica com Universidades Latino-americanas e Europeias e promovemos diversos eventos internacionais, no Brasil e no exterior —comenta Tramontina.

Para consolidar o processo de internacionalização, além de acordos de cooperação e promoção de eventos, é necessário que exista a mobilidade docente e discente. A mobilidade docente é uma realidade no PPGD desde 2011, já a mobilidade discente é mais recente. Nos últimos dois anos, Mestrandos do PPGD participaram de atividades acadêmicas-científicas nos seguintes países: Chile, Espanha, Itália e Inglaterra. 

— O Programa de Mobilidade Acadêmica da UNOESC permitiu um contato substancial com a realidade do Reino Unido, em particular da Inglaterra, país que é objeto da minha pesquisa em seu recorte de direito comparado, o que tem enriquecido e aprofundado as conclusões do trabalho, além de permitir a construção de contatos acadêmicos para o futuro— finaliza Zoponi.

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.