Notícias Chapecó Ensino Especialização

Livro é lançado em aula inaugural da pós-graduação em Direito do Trabalho e Direito Previdenciário

Por: Francielle Mafesoni dos Santos
francielle.santos@unoesc.edu.br
05 de Maio de 2022

O curso de Pós-graduação em Direito do Trabalho e Direito Previdenciário, ofertado na Unoesc Chapecó, iniciou suas aulas nesta sexta-feira, 29 de abril.

O professor Marcio Cristiano de Gois ministrou o componente Constitucionalismo Contemporâneo e as Relações Sociais. Dr. Marcio é Mestre em Direitos Fundamentais, Especialista em Direito Civil, Direito Empresarial e Direito Tributário. Foi Procurador Municipal na cidade de Realeza/PR. É docente em programas de Graduação e Pós-graduação na área de Direito do Trabalho e Direito Empresarial. Advogado que atua com o direito tributário, empresarial, trabalhista patronal e em recuperação judicial e falência e também autor de livros. 

O curso terá uma duração média de 14 meses com aulas presenciais e conta também com transmissão simultânea ao vivo.  Para a coordenadora dos cursos de Pós-graduação da Unoesc Chapecó, Carla Basso, esse é um formato que oportuniza profissionais de outras localidades ou que por algum motivo preferem acompanhar as aulas de forma remota.

Os acadêmicos foram recebidos também pela coordenadora do curso, professora Elizabete Geremias, que falou da importância da especialização alicerçada no mercado de trabalho, com professores que preenchem o campo da vasta experiência e vivência do Direito nas áreas trabalhista e previdenciária como advogados, juízes, desembargadores e contadores.

Os cursos de Pós-graduação da Unoesc Chapecó são realizados por meio do Ponto Zero, um espaço inovador que conta com salas de aulas e espaço inovador. Os professores são profissionais atuantes, com atuações de destaque em suas áreas e experiência prática.

Ainda é possível ingressar e a universidade oferece possibilidade de asstir aula experimental. Os interessados poderão estar se inscrevendo no site da Unoesc.

LANÇAMENTO DO LIVRO

Na ocasião, Dr. Marcio também promoveu o lançamento do seu livro “Escravidão Contemporânea e Direitos Fundamentais” pela editora Lumen Juris do Rio de Janeiro, na cidade de João Pessoa/PB. O autor comenta que segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) é possível reconhecer que a escravidão contemporânea tem crescido no mundo de maneira alarmante

— Quando iniciei a pesquisa em 2011, a OIT trabalhava com 12,3 milhões de escravos no mundo, em 2013 este número saltou para 21 milhões e em 2019 chegamos à marca de 40 milhões de escravos no mundo — comentou.

 O professor defendeu o tema durante o seu Mestrado em Direito Fundamentais pela Unoesc em 2016 e já realizou o lançamento do livro em João Pessoa/PB, Guaratuba/PR e Chapecó/SC.

Quando se aborda o tema da escravidão é normal que o leitor relembre cenários de fazendas coloniais, bem como imagens de uma população negra acorrentada e submetida a chibatadas, na qual escravos eram vendidos como semoventes em praças públicas, retornando à memória do Brasil colônia. O livro procura quebrar este dogma. Para tanto, apresenta-se o novo “senhor do engenho”, o qual se denomina aqui como “capitalista selvagem desregrado”, o qual nega os direitos sociais e não aceita as garantias contidas na Constituição Federal de 1988, assim a escravidão contemporânea é marcada pela presença de trabalhadores formalmente livres, contudo, materialmente escravizados pelas condições de trabalho. 

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.