Notícias Xanxerê Extensão Inserção Social

Extensão Comunitária projeta melhorias para residências de famílias em vulnerabilidade social

Por: Ulisses Junior Longhi
ulisses.longhi@unoesc.edu.br
05 de Fevereiro de 2015

Os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Design e Engenharia Civil, da Unoesc Xanxerê, estão desenvolvendo a Extensão Comunitária “Melhoria estrutural, arquitetônica e de mobiliário de residências de famílias em vulnerabilidade social”, contemplando famílias de crianças que participam da Pastoral do Menor de Xanxerê.

Iniciada em outubro do ano passado e envolvendo 40 acadêmicos-bolsistas dos três cursos, essa Extensão Comunitária objetiva elaborar projetos de melhorias para residências de famílias em vulnerabilidade social.

Assim, inicialmente, sua primeira fase envolveu o conhecimento da realidade social; na sequência, ocorreram estudos de viabilidade, executados pelos acadêmicos-bolsistas. No momento, os projetos estão em fase de finalização. Depois de analisados e de confeccionados os protótipos e maquetes, eles serão entregues, sem custos, à Pastoral do Menor (o que está previsto para ocorrer até junho deste ano), que analisará a possibilidade de executá-los.

Segundo a coordenadora do projeto de Extensão Comunitária, professora Magda Vicini, a iniciativa contribui na formação profissional dos acadêmicos dos três cursos.

— Eles estão conhecendo uma realidade social muito significativa do país. Os cursos têm uma preocupação com a visão social; assim, o projeto possibilita ao acadêmico colaborar para pensar possibilidades de transformação de realidades sociais com dificuldades — explica.

Repercussão internacional

A Extensão Comunitária “Melhoria estrutural, arquitetônica e de mobiliário de residências de famílias em vulnerabilidade social” já alcançou repercussão fora do país. A partir de convite da organização do evento, a coordenadora do projeto e os acadêmicos bolsistas participarão do Simpósio Global do Grupo de Pesquisa Pós-humano, da Universidade de Nova Iorque, por webconferência, no mês de maio.

Nesse evento, além da Unoesc Xanxerê, outras universidades estarão conectadas, de países como Polônia, Itália, Israel e EUA. O Simpósio possibilitará a interação entre professores e acadêmicos dessas universidades que desenvolvem projetos de cunho social.

Unoesc é reconhecida oficialmente como Universidade Comunitária

Desde 30 de outubro de 2014, a Unoesc é oficialmente reconhecida como Instituição Comunitária de Educação Superior (Ices), conforme a portaria nº 634, publicada nesse dia pela Secretaria de Supervisão e Regulação da Educação Superior (Seres), do Ministério da Educação.

Em virtude disso, a Unoesc torna-se uma das primeiras universidades brasileiras a receber a qualificação nos termos da Lei das Universidades Comunitárias, sancionada no ano passado.

Em Santa Catarina, onde o modelo comunitário é mais representativo, as Ices foram criadas pelo poder público municipal a partir da necessidade de expandir o ensino superior para o interior do estado. Como instituições sem fins lucrativos, a cobrança da mensalidade serve para o custeio das atividades. Assim, para receber a qualificação, é preciso comprovar que os recursos são investidos integralmente na própria instituição.

Outra característica marcante da identidade comunitária se reflete nas ações e serviços que a instituição desenvolve nas áreas da educação, saúde, assistência social, tecnologia, meio ambiente, cultura e de lazer. Apenas no último ano, por exemplo, aproximadamente 100 mil pessoas foram beneficiadas pelos programas de alcance social e serviços gratuitos oferecidos pela Unoesc.

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.