Notícias Chapecó Doutorado

Doutorandos da Unoesc/TJMA/ESMAM participam de seminários avançados

Por: Francielle Mafesoni dos Santos
francielle.santos@unoesc.edu.br
27 de Maio de 2022

Entre os dias 16 a 20 de maio, no Programa de Pós-graduação em Direito (PPGD) da Unoesc, ocorreram dois seminários avançados em Direitos Fundamentais Civis e Sociais da turma do curso de Doutorado Unoesc/TJMA/ESMAM. Ela está composta por 13 (treze) discentes do quadro do Judiciário maranhense. As atividades realizadas decorrem do Acordo de Cooperação Técnico-Científico entre TJMA, Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM), Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) e a Unoesc.

Na sessão de abertura das atividades, que se realizou no dia 16 de maio, estiveram presentes: o Vice-Reitor do Campus de Chapecó, Professor Carlos Eduardo de Carvalho, e o Coordenador de Pesquisa, Pós-graduação, Extensão e Inovação, Professor Márcio Giusti Trevisol, pela Unoesc; o Desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos, Diretor-Geral da ESMAM, e Osman Bacellar Neto, Secretário-Geral da Escola Judicial, pelo TJMA.

O Vice-Reitor da Unoesc, Carlos Eduardo Carvalho, destacou a importância da parceria entre a Unoesc, o TJMA e a ESMAM e lembrou que ao promover a formação científica de alto nível a Unoesc está cumprindo a sua missão e contribuindo para o desenvolvimento nacional.

O desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos, que participou da solenidade por videoconferência, salientou que

— O objetivo é criar condições favoráveis para que os discentes beneficiados estudem e pesquisem temas relevantes para o contexto da justiça maranhense, por meio de cursos de Mestrado e Doutorado altamente qualificados e que assegurem a obtenção de diplomas válidos no Brasil — salientou Anjos.  

As atividades da noite foram conduzidas pelo professor Robison Tramontina, Coordenador do PPGD. 

— A parceria entre a Unoesc e o TJMA/ESMAM/AMMA é um marco importante para as instituições envolvidas e para a Pós-graduação brasileira. É marco pois aproxima dialógica e academicamente a Universidade do Poder Judiciário e, esse, daquela, numa relação de mão dupla enriquecedora. Além disso, rompe com a visão equivocada de que não pode existir diálogo sério e robusto entre a Universidade e o Poder Judiciário — comentou o Coordenador do Programa.

Nos dias seguintes à abertura, nos turnos matutino e vespertino, os estudantes do curso de Doutorado participaram dos seminários avançados em Direitos Fundamentais Civis na Sociedade da Informação, conduzidos pelos professores Marco Aurélio Rodrigues da Cunha e Cruz e Vinícius Almada Mozetic, e dos seminários avançados em Políticas Públicas de Efetivação dos Direitos Fundamentais Sociais, coordenado pelo professor Rogério Nery da Silva.

Após o encerramento das atividades, a avaliação da semana foi positiva. O Doutorando Anderson Sobral (Magistrado do TJMA), destacou a experiência como discente.  

— A experiência está sendo a melhor possível! O fato de cursarmos os seminários presencialmente nos deu oportunidade de usufruir da excelente estrutura física da Unoesc, bem como de manter contato com a rede de pesquisadores e professores da universidade, o que contribuiu enormemente para o desenvolvimento das pesquisas que estamos desenvolvendo — comenta. 

O Doutorando Francisco Reis Júnior (Magistrado do TJMA) disse que a volta às atividades presenciais é motivo para renovação do entusiasmo com o programa.

— A Unoesc possui estrutura, corpo docente e parcerias acadêmicas suficientes para ser reconhecida como uma Instituição de excelência e na vanguarda das discussões jurídicas sobre direitos fundamentais. Nesse sentido, nos sentimos seguros por integrar uma rede de pesquisa com tanta qualidade ­— avaliou.

 

*Texto adaptado de Núcleo de Comunicação da ESMAM. 

 

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.