Mestrado Chapecó

Mestrado Profissional em Administração

Dissertações

Para acessar, na integra, todas as dissertações defendidas ou realizar uma pesquisa por meio de filtros:

>> CLIQUE AQUI <<

 

Dissertações PDF

As licitações realizadas pelo Governo Federal, principalmente os pregões eletrônicos, desempenham

papel fundamental para o funcionamento da máquina pública na efetividade de políticas

de desenvolvimento econômico regional. Dentro deste contexto, não se pode negar o relevante

papel das MPEs na economia local. Neste sentido, o Estado pode utilizar o seu poder de compra

para fomentar e desenvolver esse segmento da economia, criando políticas públicas de favorecimento às MPEs nas licitações governamentais. Entretanto, muitas vezes as MPEs locais têm dificuldades para participar (e vencer) licitações. Tentando compreender esse contexto, o objetivo geral deste estudo foi mapear as principais dificuldades das MPEs do Oeste Catarinense cadastradas no SICAF em participar dos Pregões Eletrônicos Federais. Trata-se, pois, de um estudo multicaso, no qual optou-se por uma abordagem quantitativa, exploratória, descritiva, de natureza aplicada. A pesquisa foi operacionalizada com dados coletados de fontes secundárias públicas e para o meio de um questionário enviado a 1250 MPES do Oeste Catarinense, dos quais se obteve retorno de 104. Assim, numa etapa exploratória, foram investigados 55 pregões realizados pelo IFSC entre 2017 e 2019, de modo a observar de quais regiões do país foram os principais licitantes vencedores, bem como os principais produtos e serviços demandados pela instituição. Nesta etapa da pesquisa se constatou é que a grande maioria das empresas vencedoras dos pregões vem de cidades localizadas na região Sudeste do país e também da Grande Florianópolis, sendo que pouco mais de 1% dos vencedores dos pregões e itens analisados provem de empresas localizadas no Oeste Catarinense, fatos que demostram que é preciso um estímulo para que estas participem mais dos processos licitatórios federais. Demostrada esta realidade, o estudo se concentrou no objetivo principal: investigar e analisar as dificuldades enfrentadas pelas MPEs localizadas na região Oeste Catarinense. Essa etapa foi operacionalizada por meio de uma survey. Como resultado, as dificuldades apontadas com maior frequência foram a complexidade de operar o sistema de pregão (70,2%); e a concorrência com as grandes empresas (73,1%). Também se observou significativo desconhecimento quanto aos benefícios oferecidos pela lei às MPEs (64,8%). Concluiu-se que as lacunas existentes na legislação, que tratam das prerrogativas concedidas às MPEs nas contratações governamentais, geram dificuldades na aplicabilidade de tais benefícios, tornando a utilização da licitação um instrumento de política pública complexo.

Também é possível concluir pela necessidade de avanços normativos, e de intensificação nas

pesquisas, sobre a utilização do poder de compra do Estado como potencial indutor de desenvolvimento regional e local. Como produto final, este estudo apresenta um conjunto de recomendações, indicando caminhos para mitigar as dificuldades encontras pelas MPEs nas licitações públicas federais.

Dissertações PDF

A presente pesquisa objetivou avaliar o impacto do uso de máscaras de proteção respiratória na

capacidade de identificação das expressões faciais emocionais, principalmente no que se refere

aos profissionais que trabalham com atendimento ao público. Os respondentes foram divididos

em dois grupos — profissionais que atuam atendendo ao público e profissionais que não atuam

atendendo ao público — e submetidos a um questionário com 23 (vinte e três) questões, sendo

09 (nove) referentes ao perfil da amostra e outras 14 (quatorze) de múltipla escolha, cada uma

contendo 09 (nove) opções de resposta, nas quais o respondente deveria associar determinada

expressão facial emocional a uma das 07 (sete) emoções básicas, Para respeitar a diferença

entre a capacidade de expressão dos gêneros, foram construídos dois questionários, um para a

face masculina e outro para a feminina, devendo o respondente escolher a qual responder. Os

modelos representaram em duas oportunidades expressões faciais de cada uma das 07 (sete)

emoções básicas, em um primeiro momento sem o uso de máscaras e, em seguida, fazendo uso

delas, de modo que o desempenho dos respondentes pudesse ser avaliado em momentos pré e

pós o uso desse acessório. A abordagem utilizada foi quantitativa, na qual foram feitos testes

não paramétricos para comparação do desempenho dos grupos, tendo obtido como resultados

inferências que apontam para a não influência das máscaras no que se refere à identificação das

expressões faciais emocionais, com valores estatisticamente significantes para apenas duas

emoções testadas. O fato de trabalhar com atendimento ao público também não se mostrou

determinante para uma maior capacidade de reconhecimento das expressões faciais emocionais,

papel que coube às variáveis do perfil socioeconômico, como gênero, faixa etária e

escolaridade, com resultados significativos também para o tempo de experiência na profissão.

Dissertações PDF

A forma como as pessoas se relacionam com o trabalho tem sido foco de muitos estudos.  A interferência do formato desse relacionamento reflete em vários âmbitos, seja familiar, na saúde, nas relações de todas as naturezas e no trabalho em si, influenciando na avaliação sobre o bem-estar subjetivo. O workaholism, que representa um tipo de relacionamento excessivo e/ou compulsivo com o trabalho, tem sido um dos fatores contribuintes com esse cenário. Neste sentido, o objetivo desta pesquisa é de analisar os fatores individuais e contextuais que impactam na promoção de bem-estar no trabalho em professores

universitários, com foco na redução do workaholism. Nessa pesquisa o foco de intervenção

foi com professoras universitárias devido a característica da função e a prevalência de

workaholism nesse público. Para responder ao objetivo geral, um caminho foi percorrido:

sintetizado as pesquisas científicas disponíveis sobre estratégias para promoção do bem-estar

para professores universitários; descrito a história de vida e carreira de professoras de

Programas stricto sensu e sua relação com o trabalho; e, identificado a percepção de gestores

de programas de pós-graduação sobre os principais desafios e estratégias de promoção do

bem-estar para professores de programas stricto sensu. A pesquisa seguiu uma perspectiva

funcionalista, com caráter predominantemente qualitativo. As técnicas utilizadas para a

coleta dos dados foram a revisão sistemática da literatura e entrevistas semiestruturadas.

Participaram das entrevistas, quatro professoras do programa de stricto sensu e um gestor

institucional relacionados à pós-graduação. A revisão integrativa resultou em uma amostra

de sete artigos que utilizando a análise de conteúdo resultou na divisão em estratégias

individuais e institucionais. Já os dados das entrevistas semietruturadas foram divididos em

três categorias principais e sete subcategorias analisadas por meio das técnicas de análise de

conteúdo de Bardin (1977). Compreendeu-se que os fatores contribuintes para o

workaholism envolvem aspectos indivíduo-contextuais e as estratégias necessariamente

devem envolver os dois âmbitos. Treinamento de gestores, proporcionar espaços de

discussão que envolvam temas como métricas de produtividade, o foco em áreas que não

envolvam o trabalho. Nas estratégias individuais sugere-se o mindfulness, terapias corporais,

técnicas de regulação emocional, massagem terapêutica e técnicas para prolongar os afetos

positivos. Além das contribuições empíricas, o trabalho apresenta potencial de contribuição

teórica, principalmente sobre o avanço dos estudos nos temas propostos com o público

docente.

Dissertação PDF

O presente estudo tem como objetivo geral propor um modelo de gestão para implantação de laboratório de próteses e órteses em Instituição de Ensino Superior, integrado às atividades de ensino-aprendizagem, para atendimento das necessidades regionais. O objeto de estudo para a intervenção se trata da inserção de um laboratório de próteses e órteses na UNOESC. Em relação aos procedimentos metodológicos que fundamentam a intervenção, tem-se a forma de abordagem qualitativa, pesquisa exploratória e descritiva, com método da Design Science Research com recortes do estudo de caso. Como instrumento de coleta de dados, adotou-se o grupo de discussão e a entrevista semiestruturada, concomitantemente com coleta de dados secundários. Os resultados demonstraram que existe a necessidade da implantação deste espaço devido às demandas da região na aquisição de próteses e órteses, bem como pelo cunho social e possibilidade de inserção de novo espaço de ensino-aprendizagem. Atores internos e externos reforçaram a relevância do tema, bem como a existência de espaços similares que corroboraram com a possibilidade desta implantação. Estas informações embasaram a proposta de intervenção, na qual adotou o modelo de gestão científico proposto por Goddard e Birkinshaw (2009) para sua elaboração. O modelo científico adaptado às necessidades do espaço proposto auxilia no estabelecimento deste. A aplicabilidade do trabalho oferta um novo espaço de fornecimento de órteses, próteses e meio auxiliares de locomoção e de ensino-aprendizagem para acadêmicos da instituição de ensino. Como contribuição, este projeto de intervenção (caso implantado) visa preencher uma lacuna no trato de pessoas com algum tipo de dificuldade motora congênita ou adquirida, bem como na oferta de um ecossistema multidisciplinar de geração de conhecimento para acadêmicos. Considera-se como limitação o fato de se tratar de um estudo de caso delimitado, compreendendo apenas um objeto de estudo: uma universidade comunitária, com suas particularidades quanto a estrutura, gestão e localização. Pode-se concluir que as ações delineadas são passíveis de realização, desde que exista o envolvimento da Instituição de Ensino Superior, de parceiros, da comunidade, empresas, investidores e do poder público e de uma equipe qualificada e comprometida.

Dissertação PDF

Ter família e trabalhar fizeram parte da vida da grande maioria das pessoas, sendo que de tempos em tempos a relação entre as duas esferas sofre mudanças. Isso ocorre devido às novas concepções tanto no estilo de família, como nas relações de trabalho do mundo. E a não conciliação de papéis acaba por trazer à tona o conflito trabalho-família. Todavia, um fator relevante que pode vir a influenciar nas estratéfias de conciliação entre o trabalho e a família é o bem-estar subjetivo, ou seja, aquele que é inerente a cada ser humano. Assim, este estudo propôs apresentar ações com foco na redução do conflito trabalho-família e promoção de bem-estar subjetivo de gestores organizacionais. Para tanto, o estudo seguiu uma perspectiva funciobalista, e de caráter predominantemente qualitativo. Primeiramente uma revisão integrativa de literatura resultou em uma amostra final de 20 artigos, que por meio da análise de conteúdo foram divididos em duas categorias: estratégias individuais e estratégias organizacionais com vistasà redução do CTF e promoção de BES. A segunda etapa descrevel a percepção de gestores sobr a interface das dimensões trabalho-família e bem-estar subjetivo, por meio de entrevista com gestores do Oeste de Santa Catarina. E por fim, foram analisadas estratégias através de grupo focal com consultores da área de gestão de pessoas da Associação Comercial e Industrial de Chapecó. Para análise dos resultados foi adotada a técnica de análise de conteúdo de Bardin (2011). Compreendeu-se que os temas são poucos abordados na rotina dos gestores, principalmente referente ao BES; que a inreferência se dá em maior nível do trabalho para família e não o contrário; que grande parte das organizações em que atuam possuem estratégias com vista à redução de CTF e promoção de BES porém mais na teoria do que na prática; que o cenário de pandemia trouxe muitas mudanças inerentes e que o estudo é relevante e de interesse de todos os entrevistados principalmente no que tange pequenas e médias empresas. O estudo apresenta contribuição teórica para diversos estudos. As implicações práticas residem no proposição de ações voltadas à adaptação da organizações com adoção de práticas mais flexíveis e voltadas à promoção de autonomia dos trabalhadores, bem como a implementação de trilhas de psicoeducação e clínicas do trabalho.

Dissertações PDF

A existência de bancos públicos regionais com a finalidade de fomentar e desenvolver economicamente e socialmente uma região é amplamente discutida e alvo de diferentes visões e posicionamentos. Esta pesquisa tem como objetivo central analisar as opções de créditos para o fomento e o desenvolvimento sustentável, com base nas linhas aportadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para a região Meio Oeste de Santa Catarina. O referencial teórico foi construído a partir de temas como desenvolvimento regional, sustentabilidade econômica, bancos públicos e fomento público. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, por meio de um estudo de casos, com a realização de entrevistas e pesquisa em dados secundários. Os resultados evidenciam que as linhas de crédito ofertadas pelo BNDES são capazes de auxiliar e contribuir com o fomento regional, pois sem esses incentivos o crescimento econômico seria muito mais difícil. Porém, ainda existem possibilidades de criação de novas linhas, as quais colaborariam ainda mais com o fomento econômico regional. Esta pesquisa, por fim, contribui teoricamente para demonstrar à sociedade em geral que o fomento econômico, ainda que público, pode estar alinhado à sustentabilidade, a fim de construir uma sociedade sustentável economicamente, socialmente e ambientalmente.

Dissertações PDF

A economia circular, modelo de produção ou econômico que consiste na reutilização dos bens, desmaterialização e ressignificação de materiais, ajusta-se aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS. A economia circular e a sustentabilidade são assuntos em pauta na atualidade, visto o iminente esgotamento dos recursos naturais finitos. O objetivo deste estudo consiste em analisar o potencial de geração de impacto social causado pela adoção de práticas de economia circular nas instituições de ensino superior do Estado de Santa Catarina. O referencial teórico deste estudo de caráter qualitativo, se construiu por meio de temas correlatos a economia circular, instituições de ensino superior, práticas de economia circular e seu impacto social e mecanismos de fortalecimento das práticas circulares. Trata-se de um estudo de casos, de instituições de ensino superior, realização de entrevistas em profundidade e triangulação dos dados. Os resultados evidenciam que a adoção de práticas circulares pelas instituições de ensino superior pode gerar impacto social, interna e externamente. A disseminação desse tema na instituição de ensino superior pode ser capaz de formar cidadãos com consciência socioambiental. Porém, não é capaz de evidenciar que consequências da adoção da prática circular pelas instituições de ensino superior podem incentivar à uma educação sustentável pois, será necessária uma reformulação interna para que seja institucionalizada essa prática. Este estudo contribui teoricamente para demonstrar aos docentes, discentes, gestores e sociedade em geral que, as boas práticas sustentáveis e a economia circular são temas que devem ser disseminados e tratados com a devida importância e destaque, a fim de construir uma sociedade sustentável, capaz de compartilhar, reutilizar, reparar e reciclar, transformando-se numa comunidade socialmente justa.

Dissertações PDF

Em parte dos municípios brasileiros, gestores públicos têm pouco conhecimento da legislação urbana e dos instrumentos de gestão pública que auxiliam no ordenamento e no desenvolvimento dos municípios. Entre os principais instrumentos, há o Estatuto da Cidade (Lei Federal 10.257 /2001), o Plano Diretor Participativo (PDP) e a Regularização Fundiária Urbana (Lei Federal 13.465/2017). Diante disso, objetivou-se identificar a percepção e a efetividade de políticas públicas de gestores dos municípios da Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI), no oeste de Santa Catarina, acerca dos instrumentos Estatuto da Cidade e Regularização Fundiária Urbana (Reurb). A pesquisa, com abordagem qualitativa, avaliou se os gestores eleitos em 2020, nos 14 municípios da região AMAI, conhecem a REURB e os instrumentos do Estatuto da Cidade e se sabem da importância do PDP. Para isso, a coleta de dados foi realizada por meio de análise documental, a qual se pautou em uma reunião com o grupo de gestores, em uma entrevista com os gestores e em uma observação técnica nos municípios. Constatou-se que os gestores conhecem, parcialmente, a legislação, reconhecendo a potencialidade na aplicabilidade desses instrumentos. Por fim, salienta-se que o planejamento urbano baseado em programas como a Reurb e o PDP se torna relevante para a garantia do correto uso do solo e para o ordenamento das funções sociais da cidade e da propriedade urbana. Isso possibilita criar regras que propiciarão o pleno desenvolvimento da região, atrelado às funções econômicas, sociais e ambientais, garantindo o direito à cidade. Essa é a premissa maior de uma gestão urbana adequada e sustentável, a qual considera a aplicação da legislação como um meio para a melhoria da qualidade de vida civil.

Dissertações PDF

As Instituições de Ensino possuem um papel relevante no desenvolvimento das regiões e dos próprios locais, onde estão instaladas, pois são difusoras de conhecimentos, habilidades, métodos e práticas pedagógicas. Elaborar diretrizes para integração em um Plano Diretor de desenvolvimento do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) Campus Chapecó foi o objetivo geral deste estudo. O IFSC possui o lote 01, com estrutura consolidada e o lote 02, adquirido recentemente, ainda vazio. Quanto à metodologia possui abordagem qualitativa, com uma inserção quantitativa vinculada aos parâmetros aplicados nos desenhos técnicos do lote 02. Possui emprego de análise documental, com base em legislações, que serviram de suporte para elaboração das diretrizes e sugestões. Foram apresentadas diretrizes para adequações dos espaços consolidados no lote 01, visando espaços de convivência, área de lazer, área verde e acessibilidade ao Campus. Para o lote 02, focando no ideal ordenamento e aproveitamento do espaço, foi proposto a construção de um novo bloco, quadra poliesportiva, estacionamento e afins, para atender as demandas da comunidade acadêmica quanto ao aumento do número de salas de aula, auditório, laboratórios, espaço para prática de esportes, entre outros. Ações de sustentabilidade também foram sugeridas para o Campus. Criar ambientes favoráveis ao aprendizado, espaços seguros, inclusivos e sustentáveis, pautados nas Legislações vigentes, nas demandas locais e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), especialmente o objetivo 11, da ONU, é aplicável não somente ao Campus, objeto deste estudo, mas sim em todas as unidades da Instituição do País. Portanto, é possível concluir que, para o IFSC Campus Chapecó, a aquisição do lote 02 se mostrou necessária a fim de atender às expectativas de ampliação das estruturas físicas, que as diretrizes apresentadas serão essenciais na elaboração do Plano Diretor da instituição, uma vez que abordam uma maior equidade e ordenamento do uso dos espaços internos dos lotes e da funcionalidade urbana.

Voltar
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.