Unoesc CPA

Histórico

A CAMINHADA DA UNOESC NA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

A avaliação institucional na Unoesc remonta aos anos 90, quando a Instituição, inspirada no Programa de Avaliação Institucional das Universidades Brasileiras (PAIUB), criou e implantou, em 1995, o Programa de Avaliação Institucional da Unoesc (PAIU), que, entre outras atividades, definiu, em 1997, os princípios e diretrizes do programa de avaliação institucional, assim como seu regulamento.

A partir de 2005, a Unoesc adequou a avaliação institucional ao que propõe o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), instituído pela Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, criando a Comissão Própria de Avaliação (CPA) e institucionalizando política de avaliação institucional.

Em 2014, a Instituição aderiu ao Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento das Instituições de Ensino Superior (ProIES), migrando para o Sistema Nacional de Educação Superior. A partir desse momento, a CPA passou a ter papel estratégico no âmbito da Instituição, iniciando-se o processo de aprimoramento dos instrumentos de avaliação institucional. Passou-se a avaliar de forma mais sistemática os processos de ensino-aprendizagem, a gestão dos cursos de graduação, a infraestrutura, bem como áreas antes não avaliadas, como a pós-graduação lato e stricto sensu, o ensino a distância, e a avaliação pela comunidade externa e pelos egressos.

Em 2016, a CPA passou por processo de reestruturação, objetivando conferir maior organicidade junto à Gestão da Instituição, aproximando a avaliação institucional com o planejamento institucional. A partir daí, passou-se a trabalhar integradamente: comunidade acadêmica, gestão, planejamento e avaliação.

No próximo ciclo avaliativo (2018-2020), buscar-se-á reforçar a institucionalização de práticas de avaliação estruturantes, conferindo aos processos avaliativos maior organicidade.

Voltar
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.