Notícias Campos Novos Joaçaba Sustentabilidade

Unoesc inaugura nova sede em Campos Novos com investimento na sustentabilidade

Por: Jessica Novello
jessica.novello@unoesc.edu.br
01 de Abril de 2016

A inauguração da nova sede em Campos Novos representa para a Unoesc mais uma conquista na contribuição do desenvolvimento catarinense. Além de acadêmicos, professores e colaboradores da instituição, a solenidade, na última quinta-feira (31), reuniu autoridades municipais, estaduais e dirigentes da universidade, que comemoraram a concretização da obra que trará progresso ao município e à região.

A nova sede em Campos Novos é modelo de edificação, por seguir padrões de sustentabilidade. A estrutura possibilitará o armazenamento da água das chuvas e a geração de energia própria por meio de placas solares e gerador eólico que, juntamente com a iluminação em LED, em toda a unidade, trarão economia à universidade.

O diretor da Unoesc Campos Novos, professor Diego Gadler, destacou, em seu discurso, os fatores sustentáveis da obra. Segundo ele, serão armazenados 175 mil litros de água em 16 caixas instaladas na sede, para a utilização em laboratórios, irrigação de jardins, atividades agrícolas e limpezas. A produção de energia própria atenderá a 15% do consumo desta unidade, que também conta com fonte solar para aquecimento da água. As pavimentações escolhidas para o local, objetivando o conforto térmico em torno das edificações, foram o paver e o calçamento.

— São 12 mil metros quadrados de área construída que promovem a sustentabilidade, a construção de oportunidades e a realização de muitos sonhos. Essas questões estão ligadas à missão da Unoesc, fundamentada na educação, impulsionando o desenvolvimento regional — comentou o diretor.

Para o presidente da Fundação Universidade do Oeste de Santa Catarina (Funoesc) e vice-reitor da Unoesc Xanxerê, professor Genesio Téo, o papel da instituição é colaborar com o desenvolvimento e a transformação das comunidades, fazendo com que elas evoluam, cresçam e sejam cada vez melhores.

— Campos Novos e a Unoesc estão de parabéns, pois conseguem, mesmo diante das dificuldades que estamos vivenciando, oferecer para a comunidade uma obra magnífica que será um marco para o desenvolvimento regional — reiterou o presidente da Fundação.

O deputado estadual Romildo Titon também esteve presente no ato de inauguração e fez questão de enfatizar o orgulho pelo serviço que a Unoesc presta ao profissionalismo de todos os catarinenses. Ele ainda destacou a obra como um presente da instituição para o município de Campos Novos, que comemorou, no dia 30 de março, 135 anos.

— É um presente ao município que é merecedor pela sua representatividade no Estado, como grande produtor de grãos. A Unoesc contempla Campos Novos com a oportunidade do profissionalismo e de adquirir cada vez mais aprendizado — comentou.

Nelson Cruz, prefeito de Campos Novos, destacou o momento de inauguração da nova sede como histórico ao município, pois contribuirá para o crescimento da cidade, especialmente pelos cursos ofertados na Unoesc, que atendem às demandas locais.

— Tenho orgulho em poder dizer que nós temos nossa cidade universitária. O município que possui uma universidade cresce mais rápido em razão do ensino, da pesquisa e da inovação — disse o prefeito.

O reitor da Unoesc, professor Aristides Cimadon, encerrou os pronunciamentos. Ele aproveitou a oportunidade para agradecer diversas pessoas que colaboraram com o desenvolvimento da nova sede em Campos Novos. Além dos dirigentes, funcionários e engenheiros da universidade, agradeceu à empresa IACC, que construiu a obra, e os prefeitos do município, que desde a implantação da Unoesc em Campos Novos contribuíram com a oferta do Ensino Superior.

— Agradecer a todos que com afinco se propuseram a construir em um tempo recorde esta obra, deixando-a como presente para nossa Unoesc e para Campos Novos em seus 135 anos. Esta obra diferenciada foi pensada para que possamos educar e dar exemplo à comunidade que aqui usufrui fazendo nossos cursos — falou o reitor.

Após os discursos, o reitor da Unoesc, acompanhado dos dirigentes e autoridades, realizou o descerramento da fita e da placa inaugural da obra. O ato solene contou ainda com a participação do coral da universidade, regido pelo maestro Werno Klein, e da acadêmica Ana Cristina, da 2ª fase de Agronomia, que entoou o Hino Nacional.

A Obra

Além de sustentável, a obra seguiu padrões de acessibilidade. A estrutura conta com hospital veterinário para pequenos e grandes animais, 20 salas de aula, 16 laboratórios (sendo dois de informática), biblioteca, auditório (com capacidade para mais de 800 pessoas), centro administrativo, área de convivência, anfiteatro para 70 pessoas, estacionamento para mais de 500 veículos e ciclovia.

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.