Notícias Joaçaba Mestrado

Unoesc abre inscrições para o Mestrado em Biociências e Saúde

Por: Alessandra de Barros
imprensa@unoesc.edu.br
03 de Agosto de 2018

O mundo e, em especial o Brasil, está passando por uma transição demográfica que se traduz na redução do número de jovens e aumento do número de idosos. Com isso, está em curso também, a transição epidemiológica, na qual, as doenças infecciosas e agudas estão dando lugar às doenças crônicas e não transmissíveis, com forte impacto na saúde funcional das pessoas. Nesse contexto, o Programa de Mestrado em Biociências e Saúde da Unoesc, que está com inscrições abertas até o dia 31 de outubro, se propõe a formar Mestres capazes de no âmbito do ensino, da pesquisa e da atuação profissional identificar, avaliar e propor soluções a problemas de maior complexidade.

— Até há pouco tempo, para uma carreira sólida bastavam a graduação e um ou outro curso de especialização. Na área da saúde e correlatas, os cursos de graduação, organizados de maneira disciplinar, têm capacitado os profissionais para o enfrentamento dos problemas comuns aos da época da pré-transição epidemiológica. Porém, as doenças crônicas não transmissíveis demandam um manejo mais complexo, para o qual o modelo de enfrentamento baseado na abordagem disciplinar passou a ser insuficiente, com baixa resolutividade, por isso, é fundamental a todos os profissionais dessas áreas a busca de uma formação mais ampla — afirmou o comentou o coordenador do curso Jovani Antônio Steffani. 

O programa busca ainda, desenvolver nos alunos competências como a capacidade de analisar criticamente a literatura cientifica da área, realizar investigação científica de caráter translacional entre as Biociências e a Saúde e propor metodologias inovadoras de pesquisa científica que assumam como objeto de investigação fenômenos que se colocam entre fronteiras disciplinares.  

Esse mestrado conta com laboratórios e ambulatório totalmente equipados com tecnologia de primeira linha para os estudos e proporciona aos alunos atividades diferenciadas como aulas com a presença de renomados pesquisadores dos Estados Unidos, Canadá, América Latina, Europa e Japão, países para os quais também oferece a possibilidade de realizar intercâmbio, e promove a participação em diversos cursos e eventos científicos exclusivos do Programa ou realizados por meio de parcerias.

João Aloísio Proner concluiu o curso. Segundo ele, o Mestrado em Biociências e Saúde aprimorou seu conhecimento profissional e com o desenvolvimento do hábito para a leitura de artigos, interpretação correta e aplicação dos conhecimentos adquiridos com base em evidências científicas de qualidade, pôde alcançar autonomia para o desenvolvimento de novas pesquisas, formulação de políticas e gestão em saúde.

 — Me sinto muito mais preparado para me apropriar do conhecimento científico gerado diariamente no mundo da Ciência e da Tecnologia, para gerar novos conhecimentos por meio da pesquisa científica de qualidade e para transformá-lo em valiosos instrumentos para a minha atuação profissional. O Mestrado abriu muitas portas, facilitou muitos caminhos, me deu mais estabilidade para me manter no mercado de trabalho e aumentou significativamente minha renda — afirmou.

 O programa de Mestrado em Biociências em Saúde é recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e disponibiliza 22 vagas. Os interessados podem se inscrever acessando o site da Unoesc onde também estão disponíveis todas as informações do edital.

*Colaborou professor Jovani Antônio Steffani.

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.