Notícias Chapecó Evento Seminário

Augusto Cury palestra no 3º Seminário de Desenvolvimento de Lideranças da Unoesc

Por: Francielle Mafesoni dos Santos
francielle.santos@unoesc.edu.br
29 de Junho de 2017

— A unidade básica que nos torna um homo sapiens é o pensamento e é impossível ser um grande líder se não conhecermos e liderarmos antes a nossa mente — afirmou o renomado médico psiquiatra, psicoterapeuta, pesquisador e escritor, doutor Augusto Cury, durante o 3º Seminário de Desenvolvimento de Lideranças, realizado pela Unoesc Chapecó, por meio do Centro de Gestão e Empreendedorismo (CGE) e pelo Colégio Marista São Francisco.

O doutor Augusto Cury há mais de 30 anos atua como psiquiatra, pesquisador e escritor e alcançou o reconhecimento nacional e internacional, tornando-se o autor mais lido da última década, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, revistas Veja e Isto É. Seus livros são publicados em mais de 70 países. Só no Brasil já vendeu mais de 25 milhões de livros. Recebeu o prêmio de melhor ficção do ano de 2009 da Academia Chinesa de Literatura, pelo livro "O vendedor de sonhos" que em 2016 foi lançado como filme nos cinemas.

O tema da palestra ministrada por Cury foi "O código da inteligência - A excelência emocional e profissional". Ao tratar da temática, o palestrante destacou que um bom líder empresarial é antes um líder de si mesmo. — É impossível ser um grande líder, sem liderar os seus pensamentos — destacou.

Isso vale também para pais e professores. Quem não treinar a sua mente para ler as letras do alfabeto da gestão da psique e da arte de pensar antes de reagir, terá reações desproporcionais diante de desapontamentos causados por filhos ou alunos. Amantes se machucarão mutuamente por comportamentos inadequados. Colegas de trabalho terão ciúmes dos pares que se destacaram.

Neste sentido, o autor destacou que alguns justificarão este comportamento dizendo coisas como: "Eu sou sincero. Sou honesto. Falo o que penso". Na realidade, seu excesso de honestidade é reflexo da incapacidade de decifrar o código do autocontrole. São servos de seus impulsos. São pessoas insuspeitas que lesam seriamente o direito dos outros.

Quem aprende a decifrar os mais excelentes códigos da inteligência, abandona o mundo intolerante e inflexível da lógica e dos números e se humaniza. Torna-se resiliente, maleável, solidário, sensível, compassivo, paciente, generoso, magnânimo. Quanto mais uma pessoa decifra esses códigos, mais ela se torna humana e menos se comporta como um deus rígido e autossuficiente. — Infelizmente, como muitos não aprenderam a decifrar os códigos, temos mais deuses do que seres humanos no mundo — ressaltou o pensador.

O Seminário de Desenvolvimento de Lideranças nasceu em 2015, da convergência de interesses da Unoesc Chapecó e do Colégio Marista São Francisco, de reunir lideranças empresariais, políticas e educacionais, para refletir sobre a conjuntura social e caminhos de amadurecimento emocional e profissional como condição para uma atuação profissional técnica e humanizada.  Assim, com o apoio de dezenas de parceiros realizou-se a terceira edição deste evento que vem atraindo líderes de todo o oeste de Santa Catarina e estados vizinhos.

O 3º Seminário de Desenvolvimento de Lideranças também fez parte dos atos comemorativos dos 100 anos de Chapecó, e é uma homenagem a todos aqueles que fizeram e fazem de Chapecó um lugar melhor de se viver e ser feliz, pois como disse o palestrante desta noite: — Ser feliz é a mais legítima e nobre ambição —.

O evento contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Chapecó; Aurora Alimentos; Associação Comercial e Industrial (ACIC); Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL); Cooperalfa; BRF; Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC); Serviço Social da Indústria (SESI); Sindicato do Comércio (SICOM) e Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

*Texto Unoesc Chapecó

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.