Notícias São Miguel do Oeste Graduação

Curso de Psicologia inicia estágio pioneiro no Instituto Médico Legal

Por: Karine Bender
imprensa.smo@unoesc.edu.br
18 de Abril de 2017

O curso de Psicologia da Unoesc iniciou, neste semestre, o estágio no Instituto Médico Legal (IML) de São Miguel do Oeste. Segundo a coordenadora do curso, professora Lisandra Antunes de Oliveira, o estágio é pioneiro no Estado de Santa Catarina. As acadêmicas Chéuri Simonetti e Scarlét da Rosa desenvolverão o acolhimento e estarão disponíveis para a população externa e interna do Instituto Geral de Perícias/IML.

— As estudantes realizarão atendimentos individuais e em grupo; atendimentos a vítimas de violência, estupro, negligência, abuso sexual, atentado violento ao pudor, a familiares das vítimas, além de plantão psicológico e rodas de conversa — detalha a professora.

De acordo com a delegada de Polícia Civil, Lisiane Junges, quem ganha com a parceria é a sociedade.

— A presença de profissionais da Psicologia na rotina dos atendimentos prestados pelo IML, além de humanizar o trato com o público em situações traumáticas, gerará reflexos muito positivos no trabalho realizado pela Polícia Civil, tanto no que diz ao bem estar proporcionado aos envolvidos em ocorrências pontuais, como aos benefícios decorrentes com a produção probatória — destaca a delegada.

O acadêmico de Psicologia e auxiliar médico legal do IML, Abel Petter, afirma que essa é uma conquista importante para o curso e o Instituto. Petter observa que o atendimento mais humanizado e o acolhimento é fundamental nos momentos mais difíceis da vida e os servidores do Instituto, na maioria das vezes, não podem oferecer por desenvolverem um serviço de cunho técnico.

— O serviço psicológico é extremamente fundamental. Essa parceria beneficiará a população de 27 municípios que é atendida pelo IML — ressalta o auxiliar médico legal.

 Experiências proporcionadas pelo estágio

 A acadêmica e estagiária Chéuri Simonetti  comenta que, a maioria das pessoas pensa em morte, quando se fala em IML. Entretanto, ela observa que no Instituto são atendidas, diariamente, diversas pessoas.

— Todos os dias, pessoas procuram o IML para fazer exame de corpo de delito. A Psicologia se insere nesse âmbito, a fim de acolher as pessoas, ouvi-las, ampará-las , além de disponibilizar um ambiente para se sentirem a vontade para expressar os seus sentimentos — ressalta a acadêmica.

Durante o estágio, o acadêmico se depara com a prática e desenvolve o conhecimento adquirido na Universidade, além de entrar em contato com a realidade psicológica dos indivíduos e da sociedade. Para Chéuri, o estágio no IML é um grande desafio que a faz obter um grande aprendizado. 

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.